A sociedade sem matemática

Slide1

Na sociedade sem matemática, não há matemática nas aulas de matemática: fórmulas, decorebas, tabuadas e ‘continhas’ substituem o raciocínio matemático. Professores de escolas públicas, principalmente do primeiro ciclo do ensino fundamental, formados em abstrações pedagógicas infrutíferas e anacrônicas e currículos desidratados de pensamento matemático enfrentam ambientes violentos e indisciplinados e despejam conteúdos pasteurizados que devem ser repetidos pelos alunos, que por sua vez, não entendem sua razão de ser. Para piorar, professores entram nas aulas com medo de ensinar matemática e destilam ansiedade aos alunos, alimentando uma crescente fobia à disciplina e afastando os alunos da escola. Na sociedade sem matemática são reproduzidas discriminações raciais e de gênero através do ensino ‘diferenciado’. Na sociedade sem matemática floresce a falta de oportunidades, a desigualdade, a violência, a corrupção, o bolsa-família sem eficácia, a não-superação da pobreza.

A sociedade sem matemática não é proativa. Ela espera o problema acontecer e às vezes o nega, às vezes o ignora. A perplexidade e indignação pública perante o lançamento de cada nova estatística educacional são banalizadas e deixam de produzir qualquer pressão política devida. Na sociedade sem matemática há a trivialização dos problemas que são justamente os mais sérios. No entanto, a sociedade sem matemática não é uma condenação. Na sociedade sem matemática há que se enfrentar o óbvio e começar tudo do início, com base em evidências.

O Instituto TIM acaba de lançar um estudo sobre a educação matemática em 10 regiões metropolitanas no Brasil que escutou mais de 6 mil crianças, que foram testadas por uma prova criada pelos professores Bob e Ellen Kaplan do ‘Math Circle’ da Universidade de Harvard. Foram investigados também aspectos escolares e familiares. Cabe citar 3 mensagens positivas desse estudo baseadas em evidências que podem dar um norte à uma sociedade sem matemática:

  1. para os pais: o estudo concluiu que a influência direta da ajuda dos pais sobre o desempenho de crianças de escolas públicas (ajudando a fazer o tema) é pequena, o que pode ser explicado pelo fato de muitos pais, ou responsáveis, simplesmente não saberem a matemática ensinada às crianças. Mas constatou uma forte influência indireta dos pais sobre a motivação, o gosto e a opinião que as crianças têm da matemática, o que por sua vez fortemente determina o desempenho na matéria. Ou seja, para ajudar suas crianças, talvez baste ‘não atrapalhar’, não compartilhando sentimentos negativos sobre a matemática com elas.
  1. para os gestores públicos: é muito importante investir cedo no ensino da matemática, não deixando a matemática “para depois”, pois a idade é um fator contrário ao aprendizado a qual indiretamente influencia o gosto e opinião das crianças pela matéria à medida que segue seu tempo de permanência na escola. Ou seja, toda ênfase à alfabetização nos primeiros anos escolares não deve ser dada às custas do ensino da matemática.
  1. para as escolas e famílias: a indisciplina e inexistência de regras parece minar o processo educativo. O impacto de regras nas escolas e famílias se estende ao processo educativo. Regras simples como ‘hora de dormir’, ‘tempo de televisão’ em casa ou ‘pedir para ir ao banheiro’ ou ‘não interromper o professor’ na escola tem importantes impactos sobre o aprendizado da matemática.

Na sociedade sem matemática a educação não tem qualidade e analfabetos funcionais, econômicos e políticos sustentam estruturas arcaicas de poder, sucumbindo à corrupção e violência que florescem em meio à pobreza e desigualdade. Na sociedade sem matemática não há desenvolvimento tecnológico, humano ou econômico possível. Na sociedade sem matemática a tragédia se anuncia, mas ninguém parece se importar. Ou será que não?

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s